Harpa

A harpa é um dos mais antigos instrumentos de corda dedilhada. De formato triangular, todas as suas cordas estendem-se perpendicularmente em relação à base de seu corpo.

Um pouco de história...

A origem da harpa é provavelmente relacionada ao tanger da corda do arco do caçador. As ilustrações sobreviventes do uso da harpa na antiguidade remontam ao Oriente Médio e Egito, desde os anos 3000 a.C. As harpas datadas do séc. XVIIII eram pequenas e tinham poucas cordas, o que limitava a emissão notas. Eram construídas em madeira e as cordas podiam ser feitas de uma variedade de materiais, como tripa, crina de cavalo, latão, bronze ou seda.


Harpa, construída por Georgio Offman, 1739

As harpas foram se transformando com o passar do tempo tornando-se maiores, com mais cordas e ainda adquirindo pedais para aumentar ainda mais sua extensão (quantidade de notas).

Já a harpa moderna é um instrumento bastante complexo. Possui 47 cordas, sendo as 11 mais graves de metal e as demais de tripa, e 7 pedais. Atualmente, a harpa também é um dos instrumentos que compõem a orquestra.



Harpa, construída por Sébastien Érard, 1819

 

Assista ao vídeo abaixo para saber mais sobre a harpa.